sábado, 30 de julho de 2011

A única certeza da vida







Lamentar...não se deve lamentar partidas.
Quem parte desta para melhor não parte, vive sempre entre nós.
Em cada coração existe um cantinho onde guradamos emoções, este compartimento chora de tristeza mas sempre se lembra das belezas.
A única certeza na vida é a morte, portanto, não precisa perder o norte nem se descabelar, o bilhete já foi compro e pago, só falta embarcar. Quando? Na hora e no dia alguém irá chamar.
Não resolve se esperniar, chorar, teimar em não ir, o bonde pára na porta e não aceita reclamação, muito menos um não, toma quem veio buscar pela mão não ouvindo lamentação.
Quem fica derrama sentimentos, cai lágrimas dos olhos e a sensação é estupefacção, um assombro por pensar que jamais iria chegar o momento, que por longos dias se torna tormento.
Com o passar dos dias vai se acostumando...aceitando o que não tem remédio, o tempo vai amenizando, curando as feridas, deixando a certeza da única certeza da vida. A morte!


Marta Peres

Um comentário:

Baladas Mp3 disse...


Meu doce amiga, seu blog é muito bonito e interessante. Quando você quer se refugiar em algumas agradável baladas de ontem, hoje e sempre em todas as línguas e gêneros, eu convido a vocé a visitar meu blog e também ser capaz de me ouvir. Este sábado 30 de Julho, vamos compartilhar dez baladas em Português. Cinco canções românticas do Brasil e cinco do Portugal. Nos textos, reflexões pessoais e algumas notícias.Eu sou um Locutor. Desde a cidade do Rosario-Argentina. Atenciosamente.
Beto. Sempre, em;
http://baladasmp3.blogspot.com