terça-feira, 4 de agosto de 2009

Penas do Tié


Vocês já viram lá na mata a cantoria
Da passarada quando vai anoitecer
E já ouviram o canto triste da araponga
Anunciando que na terra vai chover
Já experimentaram guabiroba bem madura
Já viram as tardes quando vai anoitecer
E já sentiram das planícies orvalhadas
O cheiro doce da frutinha muçambê
Pois meu amor tem um pouquinho disso tudo
E tem na boca a cor das penas do tié
Quando ele canta os passarinhos ficam mudos
Sabe quem é o meu amor, ele é você
Você, você, você


Raimundo Fagner

2 comentários:

Anônimo disse...

Qual o nome desse poema?

Paty Padilha disse...

É de Raimundo Fagner ~ Penas do Tiê.